Cotidiano / Economia

Serviço de regularização de dívidas para MEI é oferecido gratuitamente em Campo Grande

Microempreendedores têm até o dia 31 de agosto para quitar seus débitos com a Receita Federal

Felipe Ribeiro Publicado em 19/08/2021, às 16h13

Débitos pendentes podem causar problemas como a perda CNPJ
Débitos pendentes podem causar problemas como a perda CNPJ - (Foto: Ilustrativa)

Está disponível, gratuitamente, o serviço de orientação para regularização dos débitos pendentes de microempreendedores individuais (MEI). A Receita Federal definiu que, até o dia 31 de agosto, as dívidas devem ser pagas para que a pendência não se torne uma dívida ativa, o que pode causar restrições aos empreendedores e até perda do CNPJ.

Para evitar tais problemas, alunos dos cursos de Ciências Contábeis e Administração oferecem orientação gratuita para que os pequenos empresários possam quitar suas dívidas sem mais dificuldades.

Todo o processo é realizado sob orientação dos professores dos acadêmicos, que também fazem parte do Núcleo de Apoio Contábil e Fiscal (NAF), da Faculdade Insted. O grupo presta ainda orientações para pessoas físicas ou jurídicas de baixa renda que necessitam de auxílio contábil ou fiscal.

Há prestação de recursos como criação de MEI, regularização de débitos, declaração do Imposto de Renda e Imposto Territorial Rural (ITR) e suporte para dúvidas sobre o CPF.

"Esses empreendedores precisam realizar o pagamento ou o parcelamento das dívidas para não serem excluídos do Simples Nacional ou obter outros prejuízos financeiros", explicou a contadora e Prof. Deiseane Veiga Moreira, que também é coordenadora do NAF.

Os interessados no serviço contábil devem cadastrar-se no formulário disponível em perfil de rede social, neste link. A partir de então, os acadêmicos entrarão em contato para realizar os procedimentos. Outras informações podem ser obtidas por meio do WhatsApp (67) 99258-3521.

Jornal Midiamax