Cotidiano / Economia

Fique atento: Aplicativo do Caixa Tem é bloqueado com a troca de celulares

Se a pessoa trocou de celular e agora tem dois números associados ao benefício, pode ter problemas

Fábio Oruê Publicado em 09/04/2021, às 16h24

Para evitar fraudes, app só aceita um número de celular por CPF
Para evitar fraudes, app só aceita um número de celular por CPF - Foto: Arquivo/ Jornal Midiamax

O aplicativo Caixa Tem, usado para depósito do auxílio emergencial, pode apresentar problemas de acesso aos novos pagamentos iniciados nessa semana, caso o beneficiário tenha trocado de número ou de aparelho desde que recebeu a primeira rodado da ajuda em 2020. 

O motivo é que, para combater fraudes, a Caixa Econômica Federal permite apenas o cadastro de uma conta (um único CPF) por número de celular. Ou seja, se a pessoa trocou de celular e agora tem dois números associados ao benefício, pode ter problemas.

De acordo com o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, 95% do público que compareceu às agências do banco na terça-feira (6), quando iniciaram os pagamentos, apresentou queixas relacionadas ao bloqueio do Caixa Tem devido a trocas de linhas ou aparelhos telefônicos.

Dessa forma, se está com este problema, precisa ir a uma agência da Caixa, portando um documento oficial com foto, como o RG ou a CNH (Carteira Nacional de Habilitação), e o número do seu CPF. O telefone de informações da Caixa é o 111.
Jornal Midiamax