Cotidiano / Economia

Fim do prazo: Governo Federal tem até quinta para liberar 13º salário do INSS

Orçamento deste ano segue “travado”, o que motiva a incerteza do benefício

Fábio Oruê Publicado em 13/04/2021, às 14h25

Governo vive impasse por liberação do dinheiro
Governo vive impasse por liberação do dinheiro - Foto: Arquivo/ Jornal Midiamax
O impasse da antecipação do 13º salário dos aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) ainda prossegue, mas o governo Federal tem até a próxima quinta-feira (15) para resolver o problema orçamentário e liberar o 13º dos aposentados e pensionistas em abril.
Caso o governo não consiga resolver o impasse até o fim do prazo, a expectativa é de que o pagamento do 13º salário fique para os meses de maio e junho, sendo maio relativo à primeira parcela e junho a segunda parcela.
O motivo para isso é que o enceramento dos cálculos de gastos regulares da Previdência Social são fechados no dia 15 de abril, logo se a previdência fechar a folha de pagamentos deste mês, não será possível viabilizar a antecipação este mês de abril.
O Orçamento deste ano, apesar de ter sido aprovado no Congresso Nacional segue “travado”, isso porque o governo está receoso em aprovar a medida com a falta de recursos destinados às despesas básicas, levando à adoção de manobras fiscais que abram caminho para um eventual crime de responsabilidade fiscal ao presidente, as chamadas “pedaladas”.
Jornal Midiamax