Cotidiano / Economia

Atenção: Prazo para contestar negativa do Auxílio Emergencial termina nesta quinta-feira

Cidadão pode consultar o veredito do governo Federal no portal do Dataprev

Fábio Oruê Publicado em 22/04/2021, às 14h00

Prazo para contestar está no final
Prazo para contestar está no final - Foto: Agência Brasil

Os cidadãos que tiveram o Auxílio Emergencial de 2021 negado têm até esta quinta-feira (22) para contestar o resultado junto à Dataprev. Esta alternativa está disponível apenas para aqueles que foram contemplados pelo benefício em 2020, mas que durante a nova análise, não se enquadram em algum dos requisitos de concessão. 

Ao todo, o governo Federal indeferiu o pagamento para cerca de 236 mil famílias brasileiras. É importante ressaltar que também têm direito a contestar a negativa somente os beneficiários que tiveram uma resposta sobre a concessão dos novos valores até o dia 10 de abril. 

Isso porque, o prazo geral para contestação terminou no dia 12 de abril. Contudo, o governo Federal através do Ministério da Cidadania e em parceria com a Dataprev, demoraram um pouco para liberar todos os processamentos. Foi então que tomou-se a decisão de prolongar o prazo de contestação. 

Além disso, a pasta competente irá autorizar a contestação do benefício em casos específicos. Embora, também seja possível contestar a negativa durante o período de concessão do novo auxílio emergencial.

Isso porque, o Governo Federal informou que este ano fará análises mensais para verificar o cumprimento dos critérios que dão direito ao benefício. 

Como contestar?

É preciso acessar o portal da Dataprev para conferir se o benefício foi liberado ou negado. Para isso, basta informar o nome completo, número do CPF, data de nascimento e nome da mãe. Em seguida, o cidadão será redirecionado a uma nova página. 

Neste espaço, será possível verificar todo o histórico de pagamentos do benefício, desde que houve a aprovação. Ao ser informado sobre a análise da nova rodada, o cidadão conseguirá perceber se foi caracterizado como elegível ou inelegível. 

Se o auxílio tiver sido negado, o beneficiário irá visualizar um campo no centro da tela que diz “Contestar Análise”, disposto acima dos tópicos que indicam os motivos que levaram à negativa.

Ao clicar neste botão, uma tela aparecerá questionando sobre o desejo de dar continuidade na contestação. Basta que o usuário clique em “sim” para que o pedido seja enviado para uma nova análise pela Dataprev.

Jornal Midiamax