Cotidiano / Economia

Boa notícia: pela 1ª vez após coronavírus, intenção de consumo sobe em Campo Grande

A intenção de consumo das famílias campo-grandenses registrou a primeira alta desde o início da pandemia, conforme pesquisa da Fecomércio-MS (Federação do Comércio de Mato Grosso do Sul). O resultado é positivo e indica um sinal de recuperação da economia. “As famílias ainda estão cautelosas com os gastos, apesar de alguns indicadores verificados na própria […]

Gabriel Maymone Publicado em 01/09/2020, às 11h18 - Atualizado às 12h00

None
intenção de consumo

A intenção de consumo das famílias campo-grandenses registrou a primeira alta desde o início da pandemia, conforme pesquisa da Fecomércio-MS (Federação do Comércio de Mato Grosso do Sul).

O resultado é positivo e indica um sinal de recuperação da economia. “As famílias ainda estão cautelosas com os gastos, apesar de alguns indicadores verificados na própria pesquisa, apontarem uma reação positiva”, explica a economista, Daniela Dias.

Ainda conforme a economista, alguns fatores apontados na pesquisa reforçam a confiança como “capacidade de consumo a curto e médio prazo e segurança no emprego, que ainda estão sendo levados em conta no cenário de pandemia que estamos vivendo, com a incerteza de quanto tempo vai durar”.

Entre os indicadores positivos estão a segurança no emprego (33,1% ) e a perspectiva profissional (50,2%). No entanto, as famílias ainda acreditam que a renda atual (55,9%) e o acesso ao crédito (54,3%) estão iguais aos do ano passado; enquanto que o nível de consumo está abaixo do praticado em 2019 (56,5%).

Jornal Midiamax