Cotidiano / Economia

Makro em Campo Grande não foi adquirido pelo Carrefour

A aquisição de 11 lojas e 3 postos de combustíveis do Makro pelo grupo Carrefour – que é dono do Atacadão – foi concluída nesta quinta-feira (12). As unidades estão localizadas em oito estados do país, mas o posto da rede e o prédio que abrigava o Makro em Campo Grande não estão na lista. […]

Gabriel Maymone Publicado em 12/11/2020, às 13h14 - Atualizado às 15h21

Makro em Campo Grande não foi adquirido pelo Carrefour. (Foto: Divulgação)
Makro em Campo Grande não foi adquirido pelo Carrefour. (Foto: Divulgação) - Makro em Campo Grande não foi adquirido pelo Carrefour. (Foto: Divulgação)

A aquisição de 11 lojas e 3 postos de combustíveis do Makro pelo grupo Carrefour – que é dono do Atacadão – foi concluída nesta quinta-feira (12). As unidades estão localizadas em oito estados do país, mas o posto da rede e o prédio que abrigava o Makro em Campo Grande não estão na lista.

O grupo pagou ao Makro o valor total de R$ 376,985 milhões. Essas aquisições fazem parte de um acordo fechado em fevereiro entre as duas empresas, que envolvem 30 lojas.

As demais unidades serão repassadas ao Carrefour à medida que forem concluídos os processo legais de transferência de titularidade dos imóveis.

De acordo como comunicado, eles serão integrados à rede Atacadão, de atacarejo, lojas que vendem por atacado e varejo. O plano é converter as bandeiras de todos as 30 lojas até 12 meses.

Os pontos adquiridos ficam nos seguintes estados: Rio de Janeiro, Paraná, Goiás, Bahia, Pernambuco, Ceará, Mato Grosso, Alagoas, Santa Catarina, Pará, Amazonas, Piauí, Sergipe, Rio Grande do Sul, Paraíba e Tocantins, além do Distrito Federal.

O Makro é uma marca do grupo holandês SHV. Com essa venda, a empresa passa a ter 38 unidades no país, mas a expectativa é negociar 14 unidades para outras redes. O objetivo é focar nas operações no estado de São Paulo, onde há 24 lojas.

Jornal Midiamax