Cotidiano / Economia

Empresa mantém suspensão de voos em Dourados durante pandemia

A Passaredo Linhas Aéreas anunciou que vai voltar às atividades a partir do próximo dia 3 de julho, depois de mais de três meses de paralisação das atividades em virtude da pandemia. Entretanto o retorno é gradual e exclui Dourados. Segundo a empresa, as operações iniciais ligam apenas Ribeirão Preto (SP) a São Paulo – […]

Marcos Morandi Publicado em 03/06/2020, às 10h13

Dourados por enquanto está fora da rota de retorno. (Foto: Assecom).
Dourados por enquanto está fora da rota de retorno. (Foto: Assecom). - Dourados por enquanto está fora da rota de retorno. (Foto: Assecom).

A Passaredo Linhas Aéreas anunciou que vai voltar às atividades a partir do próximo dia 3 de julho, depois de mais de três meses de paralisação das atividades em virtude da pandemia. Entretanto o retorno é gradual e exclui Dourados.

Segundo a empresa, as operações iniciais ligam apenas Ribeirão Preto (SP) a São Paulo – Aeroporto Internacional de Guarulhos  e também faz a conexão de Ribeirão Preto ao Rio de Janeiro, Aeroporto Santos Dumont, além de voos para 10 destinos na região norte do Brasil.

Além dos trechos na região sudeste, a partir do dia 03 de julho, serão retomadas operações em 10 localidades na região Norte, ligando Manaus a Parintins, Itaituba, Belém, Altamira, São Gabriel da Cachoeira, Eirunepé, Carauari, Coari e Lábrea, todas cidades localizadas no Norte do país.

A retomada destas rotas representa o retorno de aproximadamente 10% das operações que a Voepass tinha antes do início da pandemia.Segundo Eduardo Busch, Diretor Executivo da empresa, a volta integral das operações depende de alguns fatores.

“Estamos retomando as operações em alguns mercados que eram consolidados, para atender aos passageiros e também testar a demanda. O retorno dos demais mercados dependerá ainda de fatores externos ligados à evolução da pandemia. Estamos negociando um apoio do BNDES”, disse o executivo.

Jornal Midiamax