Cotidiano / Economia

Economia esclarece que teto do programa antidesemprego é R$ 453,26

O Ministério da Economia esclareceu nesta quinta-feira, 19, que o programa antidesemprego pagará uma parcela que vai de R$ 261,25 a R$ 453,26 aos trabalhadores. Pelo programa, o governo bancará 25% do valor do seguro-desemprego a que o trabalhador teria direito quando ele tiver jornada e salário reduzidos durante a crise do novo coronavírus. O […]

Agência Estado Publicado em 19/03/2020, às 20h37 - Atualizado às 20h44

Foto ilustrativa | Reprodução
Foto ilustrativa | Reprodução - Foto ilustrativa | Reprodução

O Ministério da Economia esclareceu nesta quinta-feira, 19, que o programa antidesemprego pagará uma parcela que vai de R$ 261,25 a R$ 453,26 aos trabalhadores.

Pelo programa, o governo bancará 25% do valor do seguro-desemprego a que o trabalhador teria direito quando ele tiver jornada e salário reduzidos durante a crise do novo coronavírus. O benefício será concedido por três meses.

A informação inicial era de que o valor partiria de um piso de R$ 250 mensais, e não havia ficado claro que haveria um teto.

Como os valores do seguro-desemprego vão de R$ 1.045 (um salário mínimo) a R$ 1.813,03, a aplicação dos 25% resulta na faixa de valores informada agora pela pasta.

Jornal Midiamax