Cotidiano / Economia

Black Friday: comércio terá produtos até pela metade do preço em Campo Grande

Black Friday ocorrerá no dia 27 de novembro e 85% dos comerciantes informaram que vão aderir à data, segundo levantamento da ACICG

Gabriel Maymone Publicado em 21/11/2020, às 16h43

Comerciantes prometem produtos até pela metade do preço na Black Friday em Campo Grande. (Foto: Divulgação)
Comerciantes prometem produtos até pela metade do preço na Black Friday em Campo Grande. (Foto: Divulgação) - Comerciantes prometem produtos até pela metade do preço na Black Friday em Campo Grande. (Foto: Divulgação)

Na próxima sexta-feira (27) acontece a Black Friday em todo o país e os comerciantes em Campo Grande afirmam que irão oferecer descontos de até 50%. Os dados constam em pesquisa divulgada pela ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande) feita com empresários.

A boa notícia é que os consumidores terão opções de compra, pois 85% dos entrevistados afirmaram que irão participar da data conhecida pelos descontos. Para atrair os consumidores, 44,3% dos entrevistados disseram que vão oferecer descontos em produtos e serviços; 45,4% vão investir em ofertas, e 14,7% vão conceder parcelamentos especiais nas vendas. Entre as empresas que darão descontos, cerca de 89% disseram que eles podem chegar a até 50%. Já as empresas que vão oferecer parcelamentos especiais, 40% delas pretendem parcelar as vendas em até 10 vezes sem juros; 40% vão parcelar as vendas em até 12 vezes sem juros, e 20% vão oferecer condição de parcelamento em até 24 vezes sem juros.

A expectativa sobre o aumento nas vendas é conservador, mas revela a esperança dos empresários neste período atípico de fim de ano. 79% dos que responderam acreditam no aumento nas vendas durante a Black Friday, e destes, 60% esperam vender até 10% mais, e 31% consideram que suas vendas aumentarão em até 20%.

Ainda de acordo com o levantamento, 85% dos comerciantes vão contratar até 2,5 mil funcionários temporários. Então, segundo o levantamento da ACICG, 50,79% das empresas devem contratar até 2 pessoas e 39,68% pretendem agregar até 5 funcionários nessa modalidade. Quase 10% dos entrevistados responderam que devem contratar 7 pessoas ou mais.

As contratações de profissionais temporários também foram citadas no levantamento, e 85% das empresas afirmaram que vão ampliar suas equipes para a data.

A ACICG realizou a pesquisa entre os dias 9 e 17 de novembro com empresários dos segmentos de vestuário, utilidades, eletrônicos, calçados, serviços, entre outros.

Jornal Midiamax