Cotidiano / Economia

Banco do Brasil vai liberar R$ 15 bilhões para a safra 2020/2021

Segundo a ministra Tereza Cristina, recursos vão ajudar os produtores rurais a se programarem melhor para ter mais lucratividade.

Produção Publicado em 20/02/2020, às 16h01

Foto Banco de imagens
Foto Banco de imagens - Foto Banco de imagens

A safra 2020/2021 terá R$ 15 bilhões pelo Banco do Brasil para ajudar os produtores rurais.  Segundo a ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento), que participou nesta quinta-feira (20) do anúncio da liberação dos recursos vão ajudar os produtores rurais a se programarem melhor para ter mais lucratividade.

Segundo o Banco do Brasil, os recursos serão disponibilizados para a compra antecipada de insumos e serão destinados aos clientes produtores rurais para financiamento das lavouras de soja, milho, algodão, café, arroz a cana-de-açúcar. Com mais recursos, os produtores poderão investir na compra de máquinas agrícolas  mais modernas e econômicas.

Taxas a partir de 6,1% ao ano

As operações poderão ser contratadas com recursos controlados com taxas a partir de 6% ao ano. Alternativamente, com recursos não controlados (Letra de Crédito do Agronegócio) com taxas a partir de 6,1% ao ano.

A ministra informou que que está discutindo com a área econômica do governo para que sejam disponibilizados R$ 1,5 bilhão em 2021 para a subvenção ao seguro rural.

Para 2020, está previsto R$ 1 bilhão para o programa, maior valor para subvenção desde sua criação. Os recursos também poderão ser usados na compra de grades de arado e para o pagamento do transporte da produção.

Jornal Midiamax