Cotidiano / Economia

13º salário: confira situação de servidores nas cinco maiores cidades de MS

Entre as cinco maiores cidades de Mato Grosso do Sul, quatro delas já efetuaram o pagamento do 13º salário. No entanto, Dourados ainda não pagou integralmente o abono para todos os funcionários. Segundo o município, nesta quinta-feira (20) servidores que ganham até R$ 3.454 terão o benefício depositado. A expectativa, de acordo com a Secretaria […]

Flávio Veras Publicado em 20/12/2018, às 15h22 - Atualizado em 21/12/2018, às 11h06

Foto: Ilustrativa
Foto: Ilustrativa - Foto: Ilustrativa

Entre as cinco maiores cidades de Mato Grosso do Sul, quatro delas já efetuaram o pagamento do 13º salário. No entanto, Dourados ainda não pagou integralmente o abono para todos os funcionários. Segundo o município, nesta quinta-feira (20) servidores que ganham até R$ 3.454 terão o benefício depositado.

A expectativa, de acordo com a Secretaria de Fazenda do município, é que antes do Natal os demais servidores recebam o abono. Além disso, a prefeitura ainda explicou que os professores, cujo os salários são pagos com recursos do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação), já terão o abono garantido nesta quinta.

Em Campo Grande, os servidores receberam na semana passada o 13º salário. No entanto, alguns servidores da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública) tiveram problemas e não receberam o abono. A prefeitura promete regularizar a situação em folha salarial de janeiro.

Demais cidades

O destaque, com relação a parcelas adiantadas, foi Três Lagoas. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, a primeira parcela foi depositada no dia 28 de outubro e a segunda, 30 de novembro.

A Prefeitura de Corumbá liberou ontem (19) o décimo-terceiro salário de todos os servidores da Administração Municipal (ativos e inativos). De acordo com a Secretaria Municipal de Finanças e Gestão, a folha salarial representa a injeção de R$ 11.098.000,00 na economia local.

Em Ponta Porã, a prefeitura divulgou uma nota informando que o benefício e os salários de novembro e dezembro injetam R$ 30 milhões na economia do município em menos de 30 dias.

Jornal Midiamax