Cotidiano / Economia

Suspensão de pagamentos acaba e prefeito recebe ‘raio-x’ financeiro

Balanço chega a ele ainda nesta segunda

Jessica Benitez Publicado em 03/04/2017, às 13h51

None
_mg_1725.jpg

Balanço chega a ele ainda nesta segunda

Acabou na última sexta-feira (31) o prazo de 90 dias estipulado pelo prefeito Marquinhos Trad (PSD) para suspensão dos pagamentos dos fornecedores da Prefeitura. Na manhã desta segunda-feira (3), durante agenda pública, ele disse que ainda nesta tarde deve receber o balanço da Secretaria Municipal de Planejamento e Finanças, comandada por Pedro Pedrossian Neto, sobre a situação financeira do Município.

“Hoje é o primeiro dia útil (sem a suspensão) e vou receber o balanço de finanças e tomar as devidas providências”, disse. Na semana passada, Marquinhos chegou a dizer que os fornecedores que não concederem descontos, parcelamento ou algum tipo de negociação, terão que judicializar a questão para conseguir receber.

Ao todo são quase R$ 370 milhões em dívida com fornecedores deixada pela administração passada. À época em que suspendeu os pagamentos, dias após tomar posse, ele explicou que a medida era para conter o endividamento do Município e explicou que somente de água e energia elétrica a máquina pública de Campo Grande estava devendo R$ 12 milhões. 

Jornal Midiamax