Cotidiano / Economia

Lucro do FGTS distribuirá R$ 7,2 bilhões a 88 milhões de trabalhadores, diz Caixa

Divisão será feita até 31 de agosto

Ana Paula Chuva Publicado em 10/08/2017, às 18h12

None

Divisão será feita até 31 de agosto

A Caixa Econômica Federal anunciou nesta terça-feira (8), que a divisão do lucro do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) distribuirá R$ 7,2 bilhões a 88 milhões de trabalhadores até 31 de agosto. O montante corresponde à metade do lucro líquido do FGTS em 2016, de R$ 14,5 bilhões.Lucro do FGTS distribuirá R$ 7,2 bilhões a 88 milhões de trabalhadores, diz Caixa

Os números foram anunciados durante evento no Palácio do Planalto, no qual estavam presentes, entre outros, o presidente Michel Temer, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e o presidente da Caixa, Gilberto Occhi.

A solenidade desta quinta ocorre após a reunião de Temer com a equipe econômica sobre a revisão da meta fiscal. A dificuldade para atingir a meta de 2017, que prevê déficit de R$ 139 bilhões, decorre do baixo nível de atividade da economia e da perda de arrecadação do governo, que está abaixo do projetado para o ano.

Temer chegou ao evento acompanhado dos ministros Henrique Meirelles (Fazenda), Dyogo Oliveira (Planejamento), Ronaldo Nogueira (Trabalho) e do presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi.

“Nesses 50 anos de existência do fundo de garantia, é a primeira vez que há uma distribuição dos dividendos dos resultados do fundo garantia”, afirmou Occhi.

De acordo com a Caixa, o índice de rentabilidade das 245,7 milhões de contas contempladas pela distribuição dos lucros será de 7,14% ao ano.

O anúncio da distribuição já havia sido feito pela primeira vez próprio Temer na terça-feira (8), durante evento em São Paulo. Ao perceber que havia antecipado a informação, o presidente gracejou, ao pedir que todos “fizessem de conta” que não tinham ouvido a fala.

“Faz de conta que ninguém ouviu, ninguém conta para a imprensa, que na quinta-feira nós vamos anunciar R$ 7 bilhões do Fundo de Garantia para os trabalhadores”, brincou Temer.

Na oportunidade, o presidente destacou que a ação serve para estimular a economia, ao lado da liberação dos saques das contas inativas do FGTS.

O trabalhador que sacou o dinheiro de sua conta inativa do FGTS este ano também receberá sua parte do lucro obtido no fundo. Antes da medida, o lucro do FGTS ficava apenas com o governo.

O dinheiro vai ser depositado até o dia 31 de agosto. A distribuição do lucro do fundo com o trabalhador foi anunciada no fim de 2016. Essa divisão foi viabilizada pela medida provisória 763, que também liberou o saque das contas inativas do FGTS.

Serviço

A Caixa criou um espaço no site www.caixa.gov.br para facilitar o atendimento ao trabalhador que tem direito ao benefício. No site, o trabalhador poderá conferir o valor que foi depositado nas contas.

Também é possível se informar pelo Serviço de Atendimento ao Cliente da Caixa, pelo 0800 726 2017. Conforme a Caixa, pelo telefone, será possível saber o valor do crédito dos rendimentos de todas as contas que possuíam saldo em dezembro, agrupadas por trabalhador.

Para realizar a consulta no site ou no telefone, será preciso informar nome completo, CPF ou número do PIS.

Jornal Midiamax