Cotidiano / Economia

Loja Marisa deverá realocar funcionários após fechamento no Shopping Bosque dos Ipês

Mais uma loja âncora encerra seus serviços por lá

Daiane Libero Publicado em 07/02/2017, às 19h35

None
amar3_cm_inauguracao_20130815_campogrande.jpg

Mais uma loja âncora encerra seus serviços por lá

A Marisa, rede de lojas de roupas e acessórios femininos, afirmou em nota oficial, que o fechamento de sua loja no Shopping Bosque dos Ipês, confirmado nesta terça-feira (7), se deu diante da necessidade de "(…)revisar a operação de algumas lojas onde as projeções de demanda ficaram muito distantes do equilíbrio financeiro, devido ao momento econômico por que estamos passando".

Nesta terça, o Midiamax noticiou que o fechamento das portas resultou em um medo dos funcionários de uma possível demissão, e eles afirmaram que "somente trabalhadores que estão com contrato de experiência devem permanecer nos quadros da empresa". Porém, a assessoria de imprensa da rede disse que "está trabalhando para realocar os colaboradores em outras unidades na Capital". 

A Marisa é uma das maiores redes varejista de moda feminina e moda íntima feminina com foco na Classe C no Brasil. Para enfrentar a crise, a varejista começou encerrando as operações com venda direta (vendas feitas diretamente por consultoras a consumidores) para concentrar-se em negócios consolidados e reduzir custos. 

Depois, houve o fechamento de lojas e outras, ficaram na berlinda, sendo o encerramento estudado. Em Campo Grande, há outras três unidades: Centro, Shopping Campo Grande e Shopping Norte Sul Plaza. A Marisa informou também que foi necessário revisar a operação de algumas lojas onde as projeções de demanda. 

Confira a nota na íntegra: 

"A Marisa informa que foi necessário revisar a operação de algumas lojas onde as projeções de demanda ficaram muito distantes do equilíbrio financeiro, devido ao momento econômico por que estamos passando, o que levou ao encerramento da loja do Shopping Bosque dos Ipês. A companhia está trabalhando para, dentro do possível, realocar os colaboradores desta loja nas outras unidades da rede em Campo Grande".

Jornal Midiamax