Cotidiano / Economia

Estudo aponta mais 4,1 milhões de brasileiros na faixa da pobreza em 2015

No mesmo ano, 1,4 milhão entraram para extrema pobreza

Joaquim Padilha Publicado em 16/08/2017, às 13h39

None

No mesmo ano, 1,4 milhão entraram para extrema pobreza

Mais de 4,1 milhões de brasileiros entraram para a faixa da pobreza em 2015. Destes, 1,4 milhão chegaram para a faixa da extrema pobreza no mesmo ano. As informações são de um estudo do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), divulgado nesta segunda-feira (14).

A faixa da pobreza é definida como aquela em que as famílias tem renda domicilar per capita inferior a um quarto de salário mínimo, de agosto de 2010. Já na extrema pobreza estão aquelas pessoas com renda familiar per capita inferior a R$ 70 em agosto de 2010.

A renda per capita do brasileiro diminuiu, de R$ 803,36 em 2014 para R$ 746,84 em 2015. “Esses dados alertam para a necessidade das políticas públicas voltadas ao crescimento do emprego e da renda, sem deixar de lado o combate à desigualdade”, afirma o Ipea.Estudo aponta mais 4,1 milhões de brasileiros na faixa da pobreza em 2015

Ainda segundo o relatório, o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) dos municípios brasileiros parou de crescer em 2015, “mas ainda permanece na faixa de alto desenvolvimento humano, com 0,761” pontos.

O estudo aponta como motivo para esse quadro a crise econômica, que atingiu fortememente a população em 2015. Para o estudo foram utilizadas informações da PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), realizada pelo IBGE.    

Jornal Midiamax