Cotidiano / Economia

Com redução de juros no setor rural, R$ 1,5 bi do FCO para MS já foram aprovados

Estado dispõe ainda de R$ 800 mi

Tatiana Marin Publicado em 04/07/2017, às 21h32

None

Estado dispõe ainda de R$ 800 mi

Dos R$ 2,3 bilhões do FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste) para Mato Grosso do Sul, R$ 1,534 bilhão foram aprovados nos primeiros seis meses do ano, o que representa 65% do total. A redução das taxas de juros da linha Rural do Fundo recuaram um ponto percentual em média.

Dos valores aprovados pelo CEIF-FCO (Conselho Estadual de Investimentos Financiáveis pelo FCO), R$ 709,8 já foram contratados junto às instituições financeiras. O setor rural recebeu R$ 404,4 milhões e o setor empresarial, R$ 305,4 milhões.

Dos R$ 824,5 milhões que ainda estão em fase de análise, contratação ou outra pendência, R$ 447,9 milhões são destinados a projetos rurais e R$ 376,6 empresariais.

Com redução de juros no setor rural, R$ 1,5 bi do FCO para MS já foram aprovados

Juros menores para o setor rural

O CMN (Conselho Monetário Nacional) divulgou decisão nesta terça-feira (4) reduzindo os percentuais do FCO Rural de 8,5% a 13,25% (vigentes até 30 de junho de 2017) para 6,7% a 12,25%.

Entretanto o secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, que preside o CEIF-FCO acredita que a redução poderia ter sido maior.

“A redução poderia ser mais agressiva para dar mais competitividade ao Fundo”, e completa: “mas tivemos um recuo expressivo na linha que trata de ‘operações florestais destinados a projetos de conservação e recuperação de áreas’, que caiu de 9,5% para 6,7%. Essa é uma demanda crescente e importante sob o ponto de vista de política pública. Agora vamos defender no Condel a antecipação da revisão nos percentuais para o setor empresarial. Ela geralmente ocorre em dezembro, mas nosso pleito é para que ela ocorra em outubro ou mesmo antes”.

Jornal Midiamax