Cotidiano / Economia

Vendas de carros e motos diminuem 22% em MS no 1º trimestre

Negócios passaram de 15,3 para 11,9 mil

Midiamax Publicado em 06/04/2016, às 20h21

None
vendasdecarros_cs.jpg

Negócios passaram de 15,3 para 11,9 mil

Influenciado pela crise econômica, as vendas de veículos caíram 22,4% em Mato Grosso do Sul, de acordo com dados da Fenabrave/MS (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores). No 1º trimestre deste ano foram negociados 11,9 mil veículos contra 15,3 do mesmo período do ano passado.

Em março, mais de 4,5 mil veículos, entre carros, motocicletas, caminhões, ônibus e automóveis comerciais foram vendidos, resultado 195 menor que no mesmo mês de 2015, quando 5,7 mil veículos eram negociados.

Quanto aos segmentos, foram vendidos no 1º trimestre 5.480 automóveis, 4.212 motos, 1.375 comerciais leves, 167 caminhões, 30 ônibus, 193 veículos de implemento rodoviário e 473 outros. Todos os segmentos sofreram queda nas vendas neste ano, consequência do menor poder aquisitivo dos sul-mato-grossenses frente ao mau momento econômico e político em que passa o país. O câmbio, ou seja, o aumento da moeda norte-americano também influenciou na diminuição das vendas.

Campo Grande

Na Capital, o cenário é o mesmo. Foram negociados 5.193 veículos de janeiro a março, uma queda de 21,7% em relação a mesmo período do ano anterior, quando eram vendidos 6.631 veículos.

As vendas de carros passaram de 3.810 para 2.921, e as de motocicletas de 1.671 para 1.497, o que representa uma diminuição de 10,4%. Na prática, o único segmento com aumento nas vendas em 2016 foi ônibus, de 6 para 11. 

Jornal Midiamax