Cotidiano / Economia

Boi gordo: oito praças brasileiras registraram aumento no preço

As escalas de abate encurtaram nos últimos dias

Midiamax Publicado em 20/01/2016, às 13h57

None
b5c90d52c4ab7980023684bef813ad5b.jpg

As escalas de abate encurtaram nos últimos dias

As escalas de abate encurtaram nos últimos dias. No Centro, Norte e Nordeste do país, as chuvas abaixo do esperado do final de 2015 seguem como fator altista.

As chuvas recentes ainda não foram suficientes para recuperar os pastos e a oferta de animais para abate. Não há disponibilidade suficiente de gado e os compradores seguem atuando em outros estados para tentar alongar as programações de abate.

Nos estados do Sul e Sudeste do país, onde o cenário de chuvas é oposto (estão acima do normal), já há relatos de dificuldade no transporte de animais, sem contar que existem pecuaristas animados com o mercado altista e com a abundância de capim, retendo os animais na fazenda, a fim de conseguir preços maiores.

O preço aumentou em oito praças brasileiras. Confira os preços nas principais praças brasileiras nesta quarta-feira (20).

R$ À vista

R$ 30 dias

Barretos (SP)

148,50

150

Araçatuba (SP)

149,50

151

MG Triângulo

140

142

Belo Horizonte (MG)

147,50

149

Norte de MG

148

150

Sul de MG

146

148

Goiânia (GO)

139

141

Sul de GO

139

141

Dourados (MS)

137

139

Campo Grande (MS)

137

139

Três Lagoas (MS

135

137

Sul da BA

149

151

Oeste da BA

150

152

Norte do MT

127

129

Sudoeste do MT

129

131

Cuiabá (MT)

130

132

Noroeste do PR

152

154

Oeste do MA

147

149

Alagoas

158

160

Marabá (PA)

134

136

Redenção (PA)

132

134

Paragominas (PA)

138

140

Sul de Tocantins

139

141

Norte de Tocantins

138

140

Espírito Santo

147

149

Rio de Janeiro

148

150

Jornal Midiamax