Cotidiano / Economia

Projeto Credigente na Comunidade atende no Jardim Tarumã nesta quinta

O objetivo é de aumentar ou abrir o próprio negócio

Diego Alves Publicado em 09/07/2015, às 00h07

None
credigente.jpg

O objetivo é de aumentar ou abrir o próprio negócio

O projeto Credigente na Comunidade, da Fundação Social do Trabalho (Funsat), vai atender moradores do bairro Jardim Tarumã, a partir das 8h desta quinta-feira (09), na rua Acaia, 900. Implantado pela atual gestão, o projeto está indo a diversos bairros da Capital, permitindo o acesso ao crédito com juros atrativos a famílias de baixa renda. A iniciativa da Funsat visa conceder empréstimo rápido e limitado, sem burocracia, para pequenos empreendedores locais, incentivando o empreendedorismo. 

O empresário Homero Lacerda, morador do bairro Piratininga, há seis anos trabalha com prestação de serviço em limpeza pós-obra e limpeza pesada em geral. Lacerda ficou sabendo do atendimento no bairro pela mídia e foi até o local para receber informações sobre o empréstimo, pois pretende ampliar o atendimento do seu empreendimento. “Vim saber mais sobre o Credigente, pois pretendo ampliar meu negócio e comprar uma moto para poder fazer entregas e assim aumentar minha clientela”

Assim como Lacerda, dezenas de microempresários foram até o stand do “credigente a comunidade” na praça Fernão Dias no bairro Piratininga, com o objetivo de aumentar ou abrir seu próprio negócio. A ação da Funsat pretende atender a cada semana um bairro diferente e visa mobilizar e incentivar o comércio e a qualificação dos trabalhadores da Capital. 

De acordo com o coordenador do projeto, Marcio Laabs, a equipe de agentes de crédito que vai até os bairros está qualificada tanto em auxiliar o empreendedor na implantação quanto no desenvolvimento do próprio negócio.O Credigente tem permitido a pequenos empreendedores abrirem seu próprio negócio com taxas de juros bem atrativas e com novas linhas de crédito. 

O objetivo não é só promover o financiamento, mas é ter compromisso com o sucesso dos empreendimentos financiados. “O Credigente tem possibilitado reduzir o índice de pobreza e, consequentemente, da desigualdade social, além de auxiliar na implantação e no desenvolvimento de micro e pequenos negócios, visando ampliar as oportunidades de geração de emprego e renda da população com menor poder aquisitivo”, avalia o diretor-presidente

CREDIGENTE: 
As linhas de crédito atendem os empreendedores formais e informais com capital de giro, capital fixo e misto, bem como os seguintes segmentos econômicos: mototaxistas, motoentregadores, vendedores ambulantes, empreendedores de economia solidária e microempreendedores individuais. 

Dentre os itens financiáveis pelo Credigente estão: capital de giro, matéria-prima, mercadorias, máquinas e equipamentos, reformas e ampliações e bens da atividade produtiva.

Serviço: 
Credigente na Comunidade, amanhã (23), na rua Acaia, 900, bairro Jardim Tarumã. Atendimento das 8h às 17h

Jornal Midiamax