Cotidiano / Economia

Sojicultores de Chapadão do Sul (MS) atingem maior produtividade na safra 2011/12

A Unidade de Proteção de Cultivos da BASF anunciou os três produtores rurais inscritos no concurso intitulado Destaque AgCelence que obtiveram os melhores índices de produtividade em soja na safra 2011/12 na região de Itapeva-SP. O primeiro colocado foi o agricultor Claudio Bragante, com a marca de 78,5 sacas por hectare. O segundo lugar ficou […]

Arquivo Publicado em 24/08/2012, às 16h34

None

A Unidade de Proteção de Cultivos da BASF anunciou os três produtores rurais inscritos no concurso intitulado Destaque AgCelence que obtiveram os melhores índices de produtividade em soja na safra 2011/12 na região de Itapeva-SP. O primeiro colocado foi o agricultor Claudio Bragante, com a marca de 78,5 sacas por hectare. O segundo lugar ficou com Carlos Alberto Schalter, que obteve a marca de 65 sacas por hectares. Já o terceiro lugar ficou com Mauri Back, com a marca de 63,3 sacas por hectare.

“Embora tenhamos passado por um período difícil em razão da forte estiagem em algumas regiões do Rio Grande do Sul e Bahia, bem como alta inicidência de pragas, doenças e plantas daninhas em outras regiões, de forma geral os produtores brasileiros continuaram investindo pesado em tecnologia, o que colaborou para que alcançassem excelentes índices de produtividade como esses”, elogiou o gerente de Marketing de Cultivos da BASF para o Brasil, Fernando Abreu.

A BASF premiou os produtores que utilizaram o Sistema AgCelence® Soja Produtividade TOP. O modelo de manejo com características únicas foi inteiramente desenvolvido pela empresa no Brasil. Além do melhor controle fitossanitário, o programa de manejo com os produtos fungicida e inseticida Standak® Top utilizado no tratamento de sementes, e os fungicidas Comet®, Opera® e Opera Ultra®, proporciona melhor relação de transformação da água, luz e nutrientes em energia e grãos.

O sistema produtivo de manejo proposto pela BASF é o único que combina práticas desde o plantio até a colheita. Já na fase inicial é possível perceber melhor desenvolvimento e vigor nas plantas. Na fase intermediária as plantas já estão mais verdes e com mais folhas e ramos. Na terceira etapa, há um alto nível de sanidade permitindo a manutenção da área foliar da planta, mais vagens e consequente aumento em produtividade.

“A BASF realizou estudos sobre a eficácia do Sistema AgCelence® Soja e os resultados apontaram um aumento de até 10% na produtividade, quando todos os procedimentos técnicos recomendados são seguidos. Esse evento nasceu para celebrar as conquistas e superações do agricultor brasileiro”, finaliza Fernando.

Pelo Brasil – O Destaque AgCelence percorrerá 27 municípios de diferentes estados do Brasil. Em Mato Grosso do Sul, os eventos acontecem em Amambaí, Dourados e Chapadão do Sul. Na região Sudeste de São Paulo estão sendo contemplados produtores dos municípios de Assis e Itapeva, em Minas Gerais, os produtores de Uberlândia.

No Estado goiano, os agricultores de Jataí, Rio Verde e Formosa conhecerão os produtores que obtiveram as melhores produtividades. Ainda na região Centro-Oeste, o Destaque AgCelence® ocorre em Primavera do Leste, Rondonópolis, Campo Novo do Parecis, Lucas do Rio Verde, Canaranã e Sorriso, em Mato Grosso.

As regiões Norte e Nordeste também estão na programação. O evento é realizado na cidade de Balsas, no Maranhão, Luís Eduardo Magalhães, na Bahia, e Palmas, estado do Tocantins. No Sul do Brasil, estão considerados os produtores de soja de Passo Fundo e Santa Maria no Rio Grande do Sul. Já no Paraná, os eventos ocorrem em Cascavel, Cafelândia, Campo Mourão, Londrina, Castro, Ponta Grossa e Pato Branco.

Jornal Midiamax