O da por m² chegou a R$ 1.704,73 em setembro, em . O aumento no mês passado foi de 0,17%, após ter a maior alta do país em agosto (2,37%).

Os dados do Sinapi (Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil), divulgados nesta quarta-feira (11), pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Nacionalmente, o custo do m² chegou a R$ 1.713,87 em agosto.

Em 2023, construir no Mato Grosso do Sul ficou 1,68% mais caro e, em doze meses, a alta chega a 2,17%. Em janeiro de 2023, o custo por m² era de R$ 1.684,45 e em setembro do ano passado de R$ 1.669,19.

No Brasil, custo da construção civil ficou estável

Dados do Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi) variou 0,02% em setembro, caindo 0,16 ponto percentual em relação ao índice de agosto (0,18%). O acumulado nos últimos doze meses foi de 2,68%, resultado abaixo dos 3,11% registrados nos doze meses imediatamente anteriores.

O índice de setembro de 2022 foi de 0,44%.