Cotidiano / Consumidor

Operadora é investigada por cobrar para realizar ligações que deveriam ser de graça

Consumidores relataram cobrança para ligações ao número da Previdência Social

Renan Nucci Publicado em 18/10/2021, às 09h14

None
Foto Ilustrativa

Operadora de telefonia que atua em Campo Grande é alvo de investigação por supostamente cobrar por ligações feitas à Previdência Social que, em tese, deveriam ser gratuitas. 

O MPMS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) instaurou inquérito civil para apurar o ocorrido. O procedimento está sob responsabilidade do promotor de Justiça Fabrício Proença de Azambuja, da 25ª Promotoria da Capital. 

Conforme edital publicado no Diário Oficial desta segunda-feira (18), o objetivo é apurar eventual prática de cobrança indevida pela operadora telefônica, por ligações para a Previdência Social – 135, que em tese seriam gratuitas.

O procedimento é sigiloso e não foram divulgados outros detalhes.

Jornal Midiamax