Cotidiano / Consumidor

Academia que funciona ‘quando quer’ atuava de forma ilegal, afirma Conselho

Antigos proprietárias haviam dado baixa em registro

Guilherme Cavalcante Publicado em 16/03/2018, às 13h36

None

Antigos proprietárias haviam dado baixa em registro

A academia de ginástica localizada no bairro Coronel Antonino, alvo de denúncia ao Jornal Midiamax, havia dado baixa no registro do CREF11-MS (Conselho Regional de Educação Física) e, portanto, atuava ilegalmente. De acordo com o conselho, o espaço seguirá em fiscalização e poderá ser autuado caso volte a funcionar, o que só poderá ocorrer após regularização junto ao conselho e atendimento dos requisitos necessários.

Segundo os clientes, a academia frequentemente desrespeitava seu horário de funcionamento, assim como não dispunha de profissionais de educação física habilitados para orientar as atividades, o que infringe a legislação do CREF11-MS.

Academia que funciona 'quando quer' atuava de forma ilegal, afirma Conselho

Cuidados

O conselho orienta alguns cuidados a qualquer pessoa que busque frequentar uma academia de ginástica. No site do CREF11-MS (confira AQUI o link), é possível verificar se tanto o estabelecimento como os profissionais que lá atuam estão habilitados ao exercício profissional. Caso contrário, denúncias também podem ser registradas.

“A população deve procurar estabelecimentos e profissionais habilitados para a prática da atividade física, para que realmente obtenha benefícios à sua saúde. O registro no CREF11/MS é uma garantia de que o local ou o profissional são habilitados para oferecer esse serviço. Realizar atividades físicas sem a orientação de um profissional capacitado pode acarretar em prejuízos à saúde”, declara o presidente do CREF11-MS, Domingos Sávio.

Jornal Midiamax