Cotidiano / Consumidor

Consumidores continuam com ‘pé atrás’ e diminuem compromissos financeiros

Queda foi maior nos consumidores de baixa renda

Midiamax Publicado em 11/08/2016, às 17h25

None
cartao-de-credito-2.jpg

Queda foi maior nos consumidores de baixa renda

A quantidade de pessoas que buscou crédito em julho deste ano caiu 5,3% em relação ao mês anterior, de acordo com o Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito, divulgado nesta quinta-feira (11).

Segundo economistas da Serasa Experian, apesar de discretas melhoras recentes no grau de confiança dos consumidores, inflação alta (puxada por alimentos), juros em elevação e desemprego crescente continuam desestimulando os consumidores a assumir novos compromissos creditícios.

Na comparação com junho/16, a maior retração na demanda por crédito ocorreu na baixa renda: uma queda de 6,7% para os consumidores que ganham até R$ 500 mensais. Para os que ganham entre R$ 500 e R$ 1.000 por mês o recuo foi de 5,3%. Para os que recebem entre R$ 1.000 e R$ 2.000 mensais, a queda em julho/16 foi de 5,1%, idêntico resultado para os que recebem entre R$ 2.000 e R$ 5.000 por mês.

Para os consumidores cujo rendimento mensal se situa entre R$ 5.000 e R$ 10.000, e queda na demanda por crédito em julho/16 foi de 6,0% e de 6,4% para os consumidores com rendimentos mensais superiores a R$ 10.000.

Quanto as regiões, o maior recuo foi no Sudeste (-6,1%), seguido de Nordeste (-5,6%), Sul (-5,0%), Centro-Oeste (-2,9%) e Norte (-2,8%). 

Jornal Midiamax