Nove das dez menores umidades relativas do ar do Brasil, na última sexta-feira (21), foram registradas em Mato Grosso do Sul. Painel de valores extremos do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) aponta que Campo Grande foi a capital do país com o menor índice, ficando na 17ª colocação no ranking geral. 

Jardim, a 238 km de Campo Grande, registrou a menor umidade do ar do país na sexta-feira, com 18%, semelhante ao clima de deserto. Amambai e Aquidauana vem em seguida, com 19%. 

Na quarta colocação ficou a cidade paulista de Barretos, também com 19%. Já do quinto ao décimo lugar foram protagonizados por municípios sul-mato-grossenses. Confira:

  • 5º Coxim: 19%
  • 6º Sonora: 20%
  • 7º Nhumirim (região em Corumbá): 20%
  • 8º Porto Murtinho: 20%
  • 9ª Ivinhema: 21%
  • 10º Miranda: 21ºC

Vale lembrar que todos os 79 municípios do Estado estão sob aviso do Inmet para baixa umidade do ar, entre 30% a 20%, até às 18h (horário de MS) deste sábado (22). A recomendação é para que as pessoas bebam água e evitem se expor ao sol nos horários mais quentes do dia. 

A previsão do tempo para Campo Grande, neste sábado, deve ter mínima de 21ºC e máxima de 34ºC, com poucas nuvens e névoa seca. Em Dourados, o dia amanhece com 17ºC e também deve chegar aos 34ºC. Já em Corumbá, que sofre com os incêndios florestais no Pantanal, os termômetros devem variar entre 20ºC e 36ºC.

Fale com o Midiamax

Tem alguma denúncia, flagrante, reclamação ou sugestão de pauta para o Jornal Midiamax? Envie direto para nossos jornalistas pelo WhatsApp (67) 99207-4330. Acima de tudo, com sigilo garantido por lei.

Acompanhe nossas atualizações no Facebook, Instagram e Tiktok.