O FAC (Fundo de Apoio à Comunidade), ligado à Prefeitura Municipal de , lançou nesta quarta-feira (17) a 8ª edição da Campanha do Agasalho para atender pessoas em situação de vulnerabilidade social. Expectativa é alcançar 37 mil peças em doações.

Doações de , calçados e cobertores podem ser feitas em mais de 30 pontos distribuídos pela cidade até o dia 20 de julho. De acordo com a coordenadora geral do FAC, Adir Diniz, a ação deste ano fará três dias de coleta dos itens doados nos postos de recebimento: 20 de maio, 20 de junho e 20 de julho.

A campanha é permanente, mas se intensifica neste período do ano para atender demandas que aumentam devido à temporada de e proximidade do inverno. 

No ano passado foram arrecadadas 27 mil peças e, para este ano, a expectativa é alcançar 37 mil peças doadas. Os principais pontos de arrecadação são os shoppings Bosque dos Ipês e Campo Grande, além dos colégios Master e Status, assim como todas as secretarias municipais. 

Em 2023, cerca de 300 comunidades de Campo Grande solicitaram recebimento de doações por meio de ofícios encaminhados ao FAC, o que representa mais de 40 mil pessoas em situação de vulnerabilidade e que precisam receber esses itens doados. O número não inclui pessoas em situação de rua. 

No entanto, apenas 27 mil peças foram arrecadadas, o que demonstra a necessidade de maior participação da população, compartilha Adir. 

“Essa é uma missão que não é por um tempo específico, mas é por todo tempo. Vamos acompanhar tudo de perto, esses três meses de campanha, e vamos cobrar a participação junto aos secretários também”, afirmou a prefeita de Campo Grande, Adriane Lopes, no lançamento. “É uma campanha de suma importância para esse inverno que está vindo. Vamos dar as mãos nessa corrente do bem. Quando a gente acha que estamos dando, estamos recebendo”, finalizou.

Pessoas que desejam doar, mas não podem sair de casa, podem entrar em contato com o FAC pelo telefone (67) 2020-1361 para que o pedido de retirada das doações seja analisado e agendado.

Ainda de acordo com a coordenadora, além de ajudar com doações, a população também pode acionar a SAS (Secretaria Municipal de ) para informar sobre pessoas que apresentam necessidades de atendimento do FAC. Os telefones são: (67) 99660-6539 e 99660-1469.