Cerca de 1.300 condutores tiveram a CNH (Carteira Nacional de Motorista) cassada ou suspensa devido a infrações de em Mato Grosso do Sul. Em divulgado nesta sexta-feira (26), o Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) tornou pública a de condutores notificados e o prazo para contestar a suspensão/cassação.

Conforme o edital divulgado no DOE (Diário Oficial do Estado), os condutores notificados deverão apresentar uma defesa escrita em face da instauração de processo administrativo para a aplicação da penalidade de suspensão/cassação do direito de conduzir veículos automotores e cassação da permissão e consequente cancelamento da CNH definitiva.

A lista de infrações abrange dirigir sob efeito de álcool (115), condução de motocicleta com passageiro sem capacete (36), transitar em velocidade superior à máxima permitida em mais de 50% (392) e permitir condução do veículo a pessoa sem CNH (29),

Os condutores notificados poderão apresentar recurso da instauração do processo até o dia 05 de março. Caso opte pela apresentação da defesa, o protocolo do recurso deve ser realizado de forma online pelo Portal de Serviços Meu Detran. No mesmo canal é possível acessar a íntegra deste processo e acompanhar seu andamento.

Caso não haja interesse em recorrer, o trâmite prosseguirá com aplicação da penalidade e o condutor será notificado dos procedimentos posteriores.