Furto de fiação deixou o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) de sem comunicação via rádio nesta segunda-feira (19). Sem previsão para finalizar reparos e substituir os cabos, o contato com ambulâncias em campo terá de ser feito por celular pelos próximos dias. 

Conforme divulgado pela Prefeitura, os fios foram retirados pela manhã da central de antena próxima ao DSP (Departamento de Serviços Públicos), no Bairro Santa Luzia.

“Essa situação prejudica a agilidade e efetividade do atendimento às ocorrências de emergência, já que a comunicação por rádio é essencial para coordenar as ações da equipe e garantir uma resposta rápida e eficiente aos chamados”, informou a Prefeitura. 

Moradores que precisarem acionar o Samu devem continuar ligando para o número 192, já que os cabos furtados eram apenas da comunicação interna dos socorristas. 

Caso alguém tenha informações sobre os responsáveis pelo furto, a recomendação é que acionem a pelo telefone 190. Não é preciso se identificar. 

Problema recorrente

O furto de fiação, cometido na maioria das vezes por usuários de drogas, tem se tornado problema crônico entre as cidades. Na madrugada do último dia 5, um homem morreu após ser eletrocutado enquanto tentava furtas fios de uma subestação de elétrica de Campo Grande.