Moradores de , a 325 quilômetros de Campo Grande, calculam o prejuízo após o temporal na madrugada desta quinta-feira (31). A cidade foi atingida com chuvas de granizo e rajadas de vento. Segundo o Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima), o acumulado das últimas 24h chega a 43,8 milímetros.

A prefeitura informou que os estragos atingiram, principalmente, a área central. Equipes da estão em rondas para apoio de moradores desabrigados ou para suporte. Moradores de uma ocupação na saída da BR-262 tiveram os barracos destelhados.

Imagens compartilhadas por moradores mostram o gramado forrado de granizo e força do vento. O gelo invadiu residências e o vendaval arrastou tapumes metálicos. Conforme o site Perfil News, por enquanto, o não recebeu chamadas de urgência.

Segundo o município, a orientação em casos de urgência é acionar a Defesa Civil pelo (67) 99184-8429, Semea pelo (67) 99182-3258, no (67) 99221-7147 ou assistência social no (67), 3929-1833 ou 98139-0994, ainda, para o Corpo de Bombeiros no 193.

Aviso

Além de Três Lagoas, o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) emitiu alerta de chuvas intensas para Água Clara, Alcinópolis, Aparecida do Taboado, Brasilândia, Camapuã, Cassilândia, Chapadão do Sul, Costa Rica, Figueirão, Inocência, Paraíso das Águas, Paranaíba, Selvíria e Sonora.

O Cemtec indica que pode chover 37 mm em Dourados, onde o temporal deixou um rastro de destruição em cerca de 10 minutos. Chuvas também atingiram Bataguassu (16 mm), (11,8 mm), Laguna Caarapã (9,2 mm), Nova Alvorada do Sul (8mm) e (7 mm).