Uma de 1,5 metro, da espécie Boa Constrictor, foi capturada em uma área residencial de Miranda, a 207 km de , na tarde do último sábado (18). 

A PMA/MS (Polícia Militar Ambiental de Mato Grosso do Sul) foi acionada pelo morador de 40 anos, da Vila Angélica, que relatou a presença da na calçada de casa. A serpente estava com uma presa no estômago e, de acordo com o homem, tratava-se de um Pardal. 

Pelas imagens feitas pela polícia ambiental, é possível observar que a cobra de escamas claras tem um volume proeminente na barriga. A espécie não é peçonhenta, porém pode morder e causar ferimentos.

A jiboia foi capturada pela PMA com o uso de uma pinça especial e colocada em uma caixa de contenção. A cobra não estava ferida e foi solta em uma área de vegetação distante do centro urbano.