Uma chamou atenção de moradores de um condomínio da Rua General Ângelo Frulegui da Cunha, no bairro São Conrado, na noite de segunda-feira (3). O animal peçonhento estava “passeando” na entrada do residencial.

O sargento Veloso, da , soube do aparecimento inusitado e foi até o condomínio. Ele detalha que havia observando, pelo risco, pediu para os vizinhos se afastarem.

“Foi feito contato no centro de operações, que tentou viabilizar uma viatura da ambiental, porém, os militares estavam em um atendimento. Em dado momento, ela [cobra], começou a se movimentar e para evitar que ela entrasse em alguma residência. Consegui capturar ela com vida, para evitar que ela fosse morta ou acontecer um acidente. Soltei ela na área de mata ao lado da Base Aérea”.

Segundo o biólogo José Milton Longo, a serpente é uma urutu-cruzeiro, da espécie bothrops alternatus, que é peçonhenta.

Confira o vídeo:

O que fazer ao encontrar cobras em casa?

É natural a invasão de animais silvestres nas residências, nos últimos anos, devido às ocorrências frequentes de incêndios no habitat dessas espécies. A recomendação é evitar manusear sozinho o bicho, apesar de desconhecer se há ou não peçonha.

A recomendação é acionar a PMA pelo telefone (67) 3357-1501 ou (67) 999845013, para a Guarda Municipal no 156 ou, ainda, o Corpo de Bombeiros no 193.

Saiba Mais