Será que registrará frio após dias em calor extremo? É o que diz a previsão do tempo para a semana. O (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima) informou que uma frente fria deve derrubar as temperaturas para mínima de 9°C, principalmente na região sul.

Ainda nesta segunda-feira (30), o tempo instável pode ser marcado por isoladas, de intensidade fraca a localmente com tempestade, com rajadas de vento e queda de raio e granizo, o destaque é para as regiões sul, sudeste, sudoeste, central e leste.

Entre terça (31) e quarta-feira (1º), o monitoramento indica acumulados de chuva mais significativos. As instabilidades acontecem por perturbações em vários níveis da atmosfera, aliado ao intenso fluxo de calor e umidade. Além disso, uma área de baixa pressão atmosférica no Paraguai favorecerá a formação de nuvens e chuvas.

Durante esses dias, as mínimas variam entre 20 e 24°C e máximas de 32°C no sul e leste. Já na região pantaneira e sudoeste, variam de 24°C a 38°C. Para outras localidades, as temperaturas terão mínima de 22 a 25°C e máxima de 37°C.

Em Campo Grande, mínimas entre 23 e 26°C e máximas de até 33°C. Na maioria do Estado, os ventos atuam do quadrante norte com valores entre 40 e 60 km/h e, pontualmente, podem ocorrer rajadas de vento acima de 60km/h.

Quando chega o frio?

A previsão destaque que a partir de sexta-feira (3) a domingo (5), a frente fria avança, o que deverá favorecer chuvas, tempestades e queda nas temperaturas, com valores entre 9 e 11°C, principalmente na região sul.

Nas últimas 72h, cidades do Estado pontuam valor significativo de chuvas. Mundo Novo lidera o ranking estadual, com 177,6 milímetros. Em seguida está Juti (78,2 mm), Sete Quedas (69,6 mm), Três Lagoas (65,2 mm) e (47,6 mm).

As estações marcaram fortes ventos no sábado (28). (75,2 km/h), Camapuã (72 km/h), Chapadão do Sul (72 km/h) e (70,9 km/h)