Trânsito lento perto de escolas marca volta às aulas em Campo Grande

GCM tem programação especial para retorno das atividades
| 02/08/2023
- 07:31
Trânsito lento perto de escolas marca volta às aulas em Campo Grande
Movimentação nos terminais por conta da volta as aulas (Henrique Arakaki, Midiamax)

A volta às aulas que acontece em Campo Grande nesta quarta-feira (2) é marcada por trânsito lento e fluxo de estudantes em ruas próximos de escolas de Campo Grande. Quase 200 mil alunos da rede municipal e estadual retornam para as salas de aula após o recesso escolar.

Um policial militar, que preferiu anonimato, disse que costuma fazer o trajeto até a Professor Arlindo Lima, para ir ao trabalho e deixar as filhas. “O trânsito estava mais complicado que o normal, faço esse trajeto diariamente, minha esposa também, então dá para notar”, disse o servidor de 41 anos.

Em vias de maior fluxo em horário de pico, como a Avenida Afonso Pena e Rua Joaquim Murtinho filas com maior quantidade de veículos, antes das 7h, indica mudança nos hábitos do campo-grandense.

 

O retorno da rotina foi marcado por ansiedade de um estudante de 15 anos, do 1° que preferiu não se identificar. Ele conta que o ônibus do bairro, a linha 121 — Marcos Roberto/Centro, passa em intervalos de 1h, por isso, precisa de programar para chegar no horário. “A lotação no ônibus estava normal, o mais cheio é o 081 — , mas não estava tão cheio quanto esperava”.

A salgadeira Maria Helena, que trabalha próximo à Estadual Hércules Maymone, disse que, apesar da maioria dos clientes serem passageiros que saem da estação do transporte público, esperava movimento maior de alunos.

“Acho que não terá tanto movimento hoje, vai ter alguma atividade na escola, mas não reflete tanto nas minhas vendas, até vem alguns alunos, mas não vende tanto para estudante”, explica.

 
Volta as aulas (Henrique Arakaki, Midiamax)

Volta às aulas

Voltam ao ritmo da rotina escolar cerca de 100 mil estudantes nas 99 escolas municipais e 106 Emeis (Escolas Municipais de Infantil). Já da rede estadual são 240 mil alunos, lotados em 348 escolas em todos os municípios de Mato Grosso do Sul, além de 16 mil docentes e cinco mil técnicos administrativos.

Segundo a prefeitura a GCM (Guarda Civil Municipal) fará ação preventiva em proximidades escolares. A orientação, conforme a GCM, ocorrerá pela manhã (das 6h45 às 7h15 e das 10h45 às 11h40) e à tarde (das 12h45 às 13h20 e das 6h40 às 17h40). Os horários de pico no transporte público também deverão ter suporte da GCM. Pela manhã, das 5h45 às 6h30 e 11h45 às 12h30. À tarde, das 17h50 às 19h.

 

Veja também

Fumaça alta foi filmada por funcionários, que se assustaram com o incêndio de grandes proporções

Últimas notícias