Lousas digitais, laboratórios, refeitório novo e ginásio poliesportivo. Essas são algumas das mudanças, inauguradas nesta quinta-feira (27), na Estadual Maria Constança de Barros Machado, em .

Alunos, do 6° ano ao 3° ano do Ensino Médio, recepcionaram o governador Eduardo Riedel (PSDB) para mostrar as mudanças aplicadas na revitalização e ampliação do espaço. O investimento somou R$ 10 milhões, entre obras e aquisição de equipamentos e mobiliário.

Gustavo Garcia, de 17 anos, elogiou a lousa digital que vai permitir a professora de Língua Portuguesa Jaqueline Lira Ramires, 46 anos, utilizar nas aulas imagens animadas e recursos visuais, que antes dependiam de um computador e data-show. “Agora com pen-drive e o acesso à Internet eles tem mais recursos para trazer a aula”, comenta o aluno.

Da janela da secretaria as assistentes administrativas Rose Mary Coere e Liz Mabel de Campos Costa, de 56 e 50 anos, lembram que a comunidade escolar ganha mais segurança contra incêndios, acessibilidade e espaços amplos para estudo e convívio social. Tem quadra nova, refeitório amplo e até a biblioteca foi repaginada para atender aos 380 alunos da unidade de ensino.

“Estudei aqui e há 25 anos trabalho na escola. É uma alegria ver os alunos maravilhados com as mudanças em um ambiente que tem uma excelente gestão”, detalha Rose Mary.

A gestora de administração Roseani Gomes, 34 anos, observava a estrutura inspirada em obra de Oscar Niemeyer com carinho. Isso porque é nela que seus filhos Yasmin e Ivan, de 11 e 14 anos, passaram a estudar em 2023. Teve o período de reforma, em que todos foram para uma estrutura na Rua Dom Aquino, mas de volta ao prédio ela elogia não só a qualidade de ensino, mas também a receptividade dos profissionais que ali trabalham.

Atualizando memórias

Evento de inauguração homenageou ex-alunos da instituição. Houve agradecimentos, por parte da direção, a quem ajudou no processo de revitalizar a estrutura de 68 anos, localizada na Rua Marechal Cândido Mariano, n° 451, no Bairro Amambaí.

Sander Humberto Rosa da Fonseca, 52 anos, destacou que teve uns flashes do passado no local. “Estou estranhando a beleza da escola. Hoje sou enfermeiro, mas já dei aulas de história e sociologia. Nunca imaginei estar em uma solenidade de inauguração da reforma com o governador”, comenta.

O deputado federal (PP), ao visitar as novas instalações, relembrou que teve a tutoria da educadora que nomeia a estrutura. Ele ainda observa que dessa escola saíram muitos dos profissionais que construíram a história do Estado.

“Estudei no Colégio Estadual Maria Leite que é exatamente igual, em Corumbá, e aqui em 1962. Isso aqui é uma tradição no ensino e o que a gente percebe é a preocupação em reconhecer a história de Maria Constança de Barros”, explica Luiz Ovando. “Sou de uma época que a escola pública era a que melhor existia. Temos que nos empenhar e contribuir para que nossos alunos tenham orgulho em se colocar a disposição da comunidade”.

Desafio

O governador Eduardo Riedel ressalta que, ao chegar na escola, foi renovado pela energia dos alunos falando em inglês, realizando experiências químicas e com medalhas conquistadas em competições esportivas. Agora a meta é replicar nas outras unidades escolares ferramentas como, por exemplo, a lousa digital.

“Vamos investir R$ 300 milhões para concluir obras de reforma em todas as escolas e o Maria Constança será referência”, destaca Riedel. “Não é só reforma, é escola em tempo integral e aqui se materializa. Estamos com 60% delas com tempo integral”.

Para o diretor da escola entregue, Reinaldo José Schmidt, 49 anos, a estrutura ora revitalizada vai permitir intensificar o trabalho pedagógico e aos alunos desenvolver-se por completo.

Foto: Kleber Clajus
Foto: Kleber Clajus
Foto: Kleber Clajus