Com alunos represados e autoescolas reclamando do número de vagas para exames práticos, o -MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) realiza desde segunda-feira (30) um para dar andamento em processos de (Carteira Nacional de Habilitação) que estão parados.

Nesta quarta-feira (1º), nem a chuva em Campo Grande espantou os alunos que sonhar em poder dirigir. De acordo com a chefe de divisão de exames do órgão, Lina Zeinab, foram disponibilizadas 1,5 mil vagas, mas apenas 1,1 mil preenchidas.

“A prioridade é alunos que iniciaram o processo entre 2019 e 2022, mas isso a autoescola que determina, quem vai cadastrar para fazer a prova”, explica ao Jornal Midiamax. Segundo ela, o maior gargalo é na categoria B, que tinha o maior número de alunos e, por consequência, grande parte das vagas foram destinadas para essa demanda.

detran
Exame prático da categoria B (Henrique Arakaki, Jornal Midiamax)

Essa prioridade ocorre porque esses processos vencem em 31 de dezembro, após serem prorrogados pelo Contran (Conselho Nacional de Trânsito) por conta da pandemia. Agora, alunos e CFCs (Centros de Formação de Condutores) estão correndo contra o tempo para realizarem o exame prático.

Com isso, a demanda aumentou e as vagas normais não estavam dando conta, sendo necessários os mutirões para dar andamento nos alunos ‘represados’.

Próximo mutirão

De acordo com Lina, o Detran já está planejando o próximo mutirão para os dias 13 a 17 de novembro – exceto no feriado do dia 15. Conforme previsão do órgão, na semana que vem começa a divulgação e o sistema para agendamento deve abrir na sexta-feira (10).

detran
Exame prático de moto (Henrique Arakaki, Jornal Midiamax)

Saiba Mais