possui quase todos seus municípios com alta incidência de casos de dengue neste ano. Das 79 cidades, quatro possuem incidência média e apenas uma com incidência baixa.

Além disso, 2023 já aparece entre os anos com maior número de casos prováveis, mesmo passados apenas 10 meses.

Conforme informações levantadas pela SES (Secretária de Estado de Saúde), 2023 já possui 47 mil casos prováveis de dengue. Se olharmos para os últimos nove anos, quando a série histórica passou a ser contabilizada, este é o quarto ano com maior número de registros.

Incidência de dengue é alta em MS

Com o alto volume de casos de dengue sendo confirmados a cada dia, a maioria dos municípios de Mato Grosso do Sul possui alta incidência da doença. Apenas cinco ficam de fora da classificação vermelha.

Antônio João é a cidade com maior incidência, sendo 12.415 confirmações a cada 100 mil habitantes. Logo depois aparecem os municípios de , , Laguna Carapã e Anaurilândia.

Campo Grande e Dourados, as duas maiores cidades do Estado em relação a número de habitantes, aparem nas posições 46 e 66, respectivamente.

Ribas do Rio Pardo, Paranaíba, Terenos e Tacuru aparecem com a classificação amarela, considerada média incidência, com 100 a 300 casos por 100 mil habitantes.

O único com incidência considerada baixa é o município de .

Quando olhamos para as últimas duas semanas, não há municípios com alta incidência de casos. Quatro aparecem em classificação amarela e o restante com baixa incidência de casos de dengue.

Saiba Mais