Há anos, moradores da região sul de Campo Grande esperam por mudanças que melhorem o trânsito na rotatória da avenida Três Barras. Mas o problema tem novo prazo para acabar e, conforme a prefeitura, até agora a primeira etapa das obras na região deve ser concluída.

Essa primeira etapa de obras inclui o fim da rotatória da Três Barras, que será retirada para dar lugar a semáforos. A obra, executada pela construtora Rial, ainda prevê a pavimentação asfáltica de ruas próximas a Três Barras.

A empresa iniciou obras em março deste ano e até o momento recebeu R$ 146 mil pela obra orçada em R$ 2.357 milhões. O contrato foi firmado com a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito).

De acordo com a prefeitura, em média, 30 mil veículos passam pelo local que é um dos principais acessos aos bairros Tiradentes, Parque Dallas, Rita Vieira e Vilas Boas. Além da retirada da rotatória, o projeto prevê a instalação de dois conjuntos semafóricos, com 20 porta-focos e a adoção da mão única numa quadra das ruas Domingos Jorge Velho e Miguel Sutil.

Além de pavimentação de um trecho de 200 metros das Ruas Manoel da Nóbrega, paralela a Três Barras, e de 70 metros da Miguel Sutil, transversal a Três Barras. Com a remoção da rotatória e construção de canteiros onde serão instalados os semáforos, acaba o estreitamento da Três Barras, neste trecho que passa a ter duas pistas de rolamento.

Obra inclui reordenamento viário

A empresa Rial foi contratada para executar a parte de infraestrutura da obra e só após o término, outra empresa assume a parte de sinalização viária. A Meng Engenharia fará a segunda parte das obras, previstas para agosto, conforme a Agetran.

O contrato da Agetran com a Meng é de R$ 1.071 milhão. Somados os contratos, a obra na avenida Três Barras deve custar mais de R$ 3,3 milhões aos cofres públicos.

A expectativa é que com a mudança, o tráfego tenha maior fluidez e seja reduzido o tempo do deslocamento. O condutor que vem do bairro conseguirá seguir em frente pela Três Barras ou entrar na José Nogueira Vieira, com o tráfego regulado por semáforo. Hoje, para fazer o trajeto em direção ao Centro, o motorista precisa entrar na José Nogueira, passar pela Rua Final, entrar na Marquês de Lavradio, para então voltar à Três Barras, depois da rotatória.

Outra alteração prevista é para quem vem do Bairro Vilas Boas pela Rua Domingo Jorge Velho, que passará a ser mão única (descendo) na última quadra. O condutor não conseguirá entrar na Avenida Três Barras. Terá de entrar à direita na Manoel da Nóbrega e depois à esquerda na Miguel Sutil, que também será mão única, em direção a Três Barras, onde também haverá semáforo.

Confira no vídeo elaborado pelo Jornal Midiamax como deve ficar o reordenamento viário da avenida Três Barras.