Trinta e cinco mortes e mais de 37,4 mil casos confirmados. Esses são os números de vítimas da dengue em Mato Grosso do Sul só em 2023. Apesar de viver dias de estiagem e umidade do ar baixíssima, os casos de dengue continuam ativos e com alta incidência.

Boletim epidemiológico divulgado pela SES (Secretaria Estadual de Saúde) nesta quarta-feira (9), mostra que o número de casos de dengue continua crescente em Mato Grosso do Sul. Em uma semana, foram confirmados 338 casos em todo o Estado.

Há ainda 47.667 casos prováveis de dengue e outras oito mortes em investigação. Dos 79 municípios, apenas cinco não apresentam alta incidência para a doença. Campo Grande é o município com maior número de casos confirmados, totalizando 11.441, seguido por Três Lagoas com 4.556 casos.