O tempo permanece instável em nesta sexta-feira (27), com chances de tempestades e chuvas isoladas. Nas últimas 24h, apenas 15 cidades registraram chuvas, com volume máximo acumulado de 51,3 milímetros.

pontuou o maior volume, em seguida está Sonora (29,6 mm), Caarapó (21,2 mm), Porto Murtinho (14,8 mm), Fátima do Sul – Culturama (14 mm), Mundo Novo (12,6 mm), Maracaju (8,2 mm), Aquidauana (7,8 mm), Ponta Porã (7,6 mm), Laguna Carapã (6,8 mm), Jardim (6,6 mm), Rio Brilhante (6,4 mm), Cassilândia (5,8 mm), Sete Quedas (5,6 mm), Juti (5,6 mm), segundo o (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima).

Apesar de chuva fraca, a aproximação de frente fria e deslocamento de cavados permitiram a leve queda nos termômetros, amenizando o calorão dos últimos dias, que chegou a 43°C.

Chuvas previstas

Imagens de satélite monitoradas nesta manhã indicam nebulosidade associada a chuva fraca, principalmente nas regiões sudoeste, sul e leste do Estado. Além disso, uma fina camada de fumaça deixa o céu acinzentado, como notado na quinta-feira (26). Os ventos atuam do quadrante norte.

A previsão indica tempo instável, com chuvas de intensidade fraca a moderada e, pontualmente, ocorrem chuvas mais intensas e tempestades acompanhadas de raios, rajadas de vento e eventual queda de granizo devido ao intenso fluxo de calor e umidade, aliado a atuação de um sistema de baixa pressão atmosférica no Paraguai.

Além disso, o avanço de cavados favorece a formação de nuvens e chuvas no Estado. Os maiores acumulados de chuvas são previstos para a região sul/sudeste, leste e sudoeste.

Saiba Mais