(Instituto Nacional de Meteorologia) emitiu um novo alerta de tempestade e chuvas intensas, com nível laranja para riscos de prejuízos pelo mau tempo. O alerta vale até às 10h deste domingo (5).

As chuvas variam de 20 a 60 mm por hora ou de 50 a 100 mm por dia, acompanhadas de rajadas de vento entre 60 e 100 km/h. A condição pode causar queda de granizo, estrago em plantações, alagamento e queda de árvores.

Bonito, que está com 22% dos atrativos turísticos sem funcionamento devido às chuvas, aparece nas cidades com aviso. Assim como Ponta Porã e Ivinhema, que receberam decreto de calamidade. Confira as cidades com potencial de chuva e tempestade:

Água Clara, Alcinópolis, Amambai, Anastácio, Anaurilândia, Angélica, Antônio João, Aparecida do Taboado, , Aral Moreira, Bandeirantes, Bataguassu, Batayporã, Bela Vista, Bonito, Brasilândia, Caarapó, Campo Grande, Caracol, Cassilândia, Chapadão do Sul, Corguinho, Coronel Sapucaia, Corumbá, Costa Rica, Coxim, Deodápolis, Dois Irmãos do Buriti, Douradina, Dourados, Eldorado Fátima do Sul, , Glória de Dourados, Guia Lopes da Laguna, Iguatemi, Inocência, Itaporã, Itaquiraí, Ivinhema, Japorã, Jaraguari, Jardim, Jateí, Juti, Laguna Carapã, Maracaju, Mundo Novo, Naviraí, Nioaque, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Paranhos, Paranaíba, Ponta Porã, Porto Murtinho, Ribas do Rio Pardo, , Rochedo, Santa Rita do Pardo, São Gabriel do Oeste, Selvíria, Sete Quedas, Sidrolândia, Tacuru, Taquarussu, Terenos, Três Lagoas e Vicentina.

Confira as orientações do Inmet:

  • Em caso de rajadas de vento: (não se abrigue debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda).
  • Evite usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada.
  • Obtenha mais informações junto à (telefone 199) e ao (telefone 193).
Área amarela corresponde às cidades em alerta de tempestade | Imagem: Inmet

Saiba Mais