Como previsto, a chuva chegou em grande parte de Mato Grosso do Sul. Nesta quarta-feira (1º), o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) renovou o alerta de tempestade acompanhada de de 60 km/h e queda de granizo.

O aviso é válido até as 10h de quinta-feira (2), com volume de chuva entre 20 e 30 milímetros por hora ou até 50 milímetros ao dia e ventos intensos de 40 a 60 km/h. A condição pode favorecer risco de corte de elétrica, estragos em plantações, queda de galhos de árvores e de alagamentos.

O monitoramento das estações do Inmet mostram que houve queda nas temperaturas, se comparada ao calor intenso da semana anterior. Por volta das 9h desta manhã, o valor registrado era de 29,2°C, em Corumbá, e a menor de 22,6°C, em Ponta Porã. amanheceu chuvosa, o acumulado já passa de 1,4 mm.

Chuva frequente

Há meses que o Estado não marcava chuva frequente, na maioria dos caos eram registradas rápidas e isoladas. No caso das tempestades, a incidência era de ventos intensos que causavam estragos e pouca chuva.

O balanço de chuva das últimas 24h, do Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima), indica que Dourados teve volume de 62,8 milímetros. Em seguida está (30,1 mm), Maracaju (20,8 mm) e (18,7 mm).