A começou a implementar câmeras de monitoramento nos banheiros das escolas municipais, mas acabou voltando atrás do projeto após a má repercussão na cidade.

A situação foi exposta pelo vereador Marcelo Costa (União Brasil). “Está tendo muita reclamação aqui no colégio Manoel de Barros, sobre essa câmera que está dentro do banheiro dos alunos. Nós temos que analisar direito e ver o que a população acha disso. No meu ver, isso não é certo. Lamentável”, diz o parlamentar.

Vídeos que circulam pelas redes sociais mostram as câmeras de monitoramento instaladas nos cantos dos banheiros. Vale ressaltar que os equipamentos não estavam funcionando.

Ao Jornal Midiamax, o prefeito de Chapadão do Sul, João Carlos Krug (PSDB), informou que o Executivo Municipal não dará andamento ao projeto. Ele explicou que houve casos de brigas de estudantes dentro dos banheiros e, por isso, as câmeras seriam por motivos de segurança.

Entretanto, por conta da repercussão negativa da decisão, o prefeito voltou atrás e suspendeu a instalação das câmeras.

Saiba Mais