Em outubro, a captação de água da concessionária , atingiu 306 milhões de litros. O número é o maior dos 23 anos de e está ligado ao aumento de consumo devido às altas temperaturas. Nesta segunda-feira (23), atingiu outro recorde, o de calor com máxima de 39,4°C.

De acordo com a concessionária, estão sendo intensificadas ações preventivas com objetivo de evitar o desabastecimento de água devido ao aumento de consumo. Neste ano, a Águas Guariroba ativou três novos poços de água que reforçaram o sistema de abastecimento de Campo Grande. Os poços estão localizados nas regiões do Parque dos Poderes, Chácara dos Poderes e São Caetano e beneficiarão mais de 10 mil pessoas.

Para o diretor-executivo da Águas Guariroba, Gabriel Buim, os investimentos reforçam as ações de produção de água, ampliando as operações de abastecimento para garantir a eficiência no fornecimento de água para a população.

“Falar sobre qualidade na prestação de serviço à população é também apresentar os resultados voltados para a capacidade de produção de água em Campo Grande. Os novos poços e demais ações em operação pela Águas Guariroba demonstram que o investimento traz melhorias ao sistema de abastecimento de nossa cidade, reduzindo o risco de desabastecimento e proporcionando maior segurança operacional da água que chega até a residência da população”, destaca Gabriel.

No final do ano passado como parte das ações de e segurança operacional no abastecimento, a Águas Guariroba realizou limpeza mecânica da adutora da Captação Guariroba com a utilização do PIG, um equipamento utilizado para a manutenção 15 km de tubulação e retirada de incrustações, contribuindo para que os moradores continuem recebendo água tratada e com regularidade.

Ainda como parte dos investimentos em infraestrutura de abastecimento, em 2021 nove novos poços foram perfurados na região na região do Caiobá, Lageado, Pioneiros, Universitário, Coophavilla II, São Conrado, Taveirópolis e Nova Lima, ampliando em mais de 1,7 milhões de litros por hora a produção de água na cidade.