As altas temperaturas retornam em todas as regiões de nesta semana. A previsão indica que os termômetros podem ultrapassar os 42°C, principalmente na região pantaneira, norte e sudoeste. Na próxima semana, o calor extremo deve chegar a 45°C.

Segundo o (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima), a umidade do ar marca índice crítico entre 10 e 30%. O sol predomina junto com variação de nebulosidade devido à atuação de um sistema de alta pressão atmosférica.

Na terça-feira (7), estão previstas temperaturas mínimas entre 12-19°C e máximas que podem atingir os 36°C nas regiões sul, bolsão e leste do Estado. Para as regiões pantaneira, norte e sudoeste, mínimas entre 23 e 26°C e máximas de até 42°C. Em , mínimas entre 17 e 20°C e máximas de até 37°C.

Em grande parte do Estado, a previsão é de tempo firme com sol e variação de nebulosidade, porém não se descartam pancadas de chuva, principalmente durante o período da tarde/noite na quarta-feira (8). A maior probabilidade de ocorrência das é nas regiões pantaneira, sudoeste, central e sul. Estão previstas temperaturas mínimas entre 20 e 24°C e máximas que podem atingir os 39°C nas regiões sul, bolsão e leste.

Para as regiões pantaneira, norte e sudoeste, mínimas entre 25 e 29°C e máximas de até 42°C. Em Campo Grande, mínimas de 25°C e máximas de até 35°C. Em grande parte do Estado, os ventos atuam de nordeste/leste com valores entre 40 e 60 km/h e, pontualmente, podem ocorrer rajadas de vento acima de 60km/h.

Calor de 45°C

Poderá ter um refresco nas temperaturas na quinta-feira (9). A previsão indica tempo instável, com probabilidade para chuvas de intensidade fraca a moderada e, localmente, podem ocorrer chuvas mais intensas e tempestades acompanhadas de raios, rajadas de vento e queda de granizo. As instabilidades atmosféricas podem atingir todo o Estado, mas o destaque fica com as regiões sul, central, sudoeste, oeste e nordeste.

Essas instabilidades ocorrem devido ao avanço de cavados, aliado ao intenso fluxo de calor e umidade vindo da Amazônia e atuação de uma área de baixa pressão atmosférica no Paraguai. A previsão indica temperaturas mínimas de 22 a 24°C e máximas que podem atingir os 37°C nas regiões sul, bolsão e leste. Para as regiões pantaneira, norte e sudoeste, mínimas de 24 a 27°C e máximas de até 38°C. Em Campo Grande, mínimas de 25°C e máximas de até 33°C.

Entretanto, o calor extremo e preocupante está previsto para de 13 a 20 de novembro, causado por um bloqueio atmosférico, que irá favorecer uma nova onda de calor, com altas temperaturas próximas aos 40e 45°C e baixos valores de umidade relativa do ar entre 10 e 30%.

Saiba Mais