Condições meteorológicas impedem o sul-mato-grossense de tirar o casaco do armário, mudando a “cara do inverno”. Cidades de Mato Grosso do Sul amanheceram com temperaturas mínimas de 8°C a 10°C nesta quarta-feira (5), apesar do bloqueio atmosférico de uma nova frente fria sobre o Estado. A estação amena registra maior amplitude térmica, a elevação gradativa do calor para máximas que ultrapassam 30°C.

A frente fria passou pela região sul do Brasil no início da semana e está sobre o oceano Atlântico, entretanto, segue bem afastada. Conforme o Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima), uma massa de ar por trás desta frente fria influenciou a queda das temperaturas mínimas na terça e nesta segunda-feira.

“Não teve influência direta em Mato Grosso do Sul. O que causou foi essa leve queda das temperaturas, pois devido ao ar seco, já estamos tendo essa variação grande de temperatura diariamente”, explica.

Ainda segundo os meteorologistas, o bloqueio continua impedindo a entrada de passagens frias diretamente sobre Mato Grosso do Sul. “As frentes tendem a passar de forma mais oceânica nesta configuração atmosférica resultando em queda de temperatura mais significativa na região sul e sudeste do Brasil”.

cemtec
Carta sinótica mostra a frente fria no oceano e a grande massa de ar indicado pela letra A no oceano

Frio na madrugada

Sem previsão de chuva, cidades da região sul tiveram madrugadas frias, como (8,5°C), (8,9°C). Outras regiões, como Maracaju (9,2°C), Paranaíba (9,6°C), Rio Brilhante (10°C) e Campo Grande (17,8°C), tiveram mínimas consideráveis.

Imagens de satélite nesta manhã mostram que havia uma grande massa de ar seco que cobre boa parte do Brasil, com exceção da região de que apresenta algumas nuvens baixas, sem chuva.

Em Nhumirim, região pantaneira de Corumbá, mínima de 12,5°C na terça-feira e máxima de 31,9°C ao longo do dia, com amplitude térmica de 19,4°C. Em Coxim, os termômetros pontuaram temperaturas de 11°C a 31,2°C, uma variação de 20,2°C.

Baixa umidade

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) emitiu alertas de baixa umidade do ar, em índice crítico de 12 a 40%, principalmente em 15 cidades. A recomendação é ingerir bastante água e evitar esforço física em horas de sol mais alto, como das 9h às 17h.

Estão no aviso: Alcinópolis, Aquidauana, Bandeirantes, Camapuã, Corguinho, Corumbá, Costa Rica, Coxim, Figueirão, Paraíso das Águas, Pedro Gomes, Rio Negro, Rio Verde de Mato Grosso, São Gabriel do Oeste e Sonora.