Oito alunos de uma escola de parapente de aproveitaram o domingo (10) para fazer um treinamento ao ar livre, no gramado da Praça do Papa, o que chamou atenção de quem passava na região.

André Myska. (Nathalia Alcântara, Jornal Midiamax)

Ex-servidor municipal e estadual, André Myska é o proprietário e instrutor da ‘Blue Sky’, escola de voos livres, que realiza o treinamento. “Todas as técnicas usadas em voo são passadas primeiro em solo, o que é uma vantagem, traz mais segurança ao aluno”, explica o empresário, que atua no ramo desde 1994.

Após adquirirem experiência, o que leva, em média, 4 meses, André costuma levar seus alunos até as Furnas de Dionísio, município de Jaraguari, distante 30km de Campo Grande, para colocarem em prática o que foi aprendido na escola.

Já nas aulas teóricas, os interessados aprendem sobre meteorologia, aerodinâmica, física, mecânica de avião e espaço aéreo.

“O aluno precisa saber o que pode ou não, para realizar um voo seguro”, explica André. Na formação, os alunos recebem um certificado de piloto, prontos para praticar o esporte.

Para quem tem interesse ou curiosidade sobre os valores, as aulas para aprender a pilotar o parapente custam em média R$8 mil. Já os voos com instrutores custam R$400 e duram em média 20 minutos.

Aula de parapente. (Nathalia Alcântara, Jornal Midiamax)