Cotidiano

VÍDEO: UPAs cheias,’ furo de fila’ e falta de médicos gera reclamação de pacientes nesta sexta-feira

"Estou aqui desde 8h30", disse paciente em unidade do bairro Nova Bahia.

Karina Campos Publicado em 07/01/2022, às 14h30

Pacientes aguardando na área externa da UPA Universitário
Pacientes aguardando na área externa da UPA Universitário - (Foto: Reprodução/Leitor Midiamax)

Maior tempo de espera, grande número de pessoas e ‘furões’ de fila foram motivos de reclamação de pacientes que aguardavam atendimento médico em UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) e UBSF (Unidade Básica de Saúde da Família) de Campo Grande, nesta sexta-feira (7).

Na UBSF Regina Jussara, no bairro Aero Rancho, Sabrina Martinelli, relata que está há uma semana com sintomas de doenças respiratórias. Este na unidade ontem (6), mas ainda com mal estar, voltou a unidade para tentar o teste da Covid-19. A revolta na tarde de hoje foi pela falta do teste e furo de fila.

“O médico me atestou com Influenza, dando o atestado para um dia, como não estou bem eu voltei. Cheguei 12h30, já tinha fila. Hoje está muito calor e estava aguardando, quando um grupo de amigas chegou e pareciam conhecer o atendente que estava orientando na fila e passou elas na frente, de repente ele fala que acabou o teste. Foi uma confusão nessa hora, pois estávamos ali há horas”, disse.

Já na UPA Universitário, um morador que preferiu não se identificar, reclama da demora no atendimento. “Cheguei às 11h30 para trazer minha nora que está com dor de ouvido e febre. Está lotado, tanto dentro como na área de fora, estamos reclamando que está demorando demais, tem um médico atendendo. O pior de tudo que o remédio que ela precisa está em falta. É uma situação constrangedora”, relatou.

A mesma reclamação do morador Abraão Santana Pereira, que também esteve na unidade em busca de remédios para dores no corpo. Ele diz que chegou na mesma unidade ao 12h e ainda não foi atendido. “Ainda falei para minha esposa que ia demorar porque muita gente está com Covid e a gripe, no meu caso acredito que seja dengue, pois estou com muita dor de cabeça e no corpo”.

Edimar Souza Ramos está desde às 8h30 na UPA Nova Bahia, que também está cheia na área externa e interna. “Estou com sintomas de Covid-19 desde quarta-feira (5). Cheguei aqui e nem fui atendido, precisamos de ajuda”, reclama.

https://vimeo.com/663422717

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Jornal Midiamax