Umidade do ar fica abaixo de 20% em MS e levanta alerta da meteorologia

Umidade do ar é considerada desértica abaixo dos 12% e MS está marcando próximo disso
| 27/04/2022
- 14:23
umidade do ar baixa
Tempo continuará seco nos próximos dias (Foto: Macros Ermínio/Jornal Midiamax)

registrou umidade relativa do ar abaixo dos 20% e acendeu o alerta da meteorologia para o tempo no Estado, nesta quarta-feira (27), principalmente na região sudoeste.

Segundo o meteorologista Natálio Abrahão, o alerta engloba as cidades de Bonito, Maracaju, Sidrolândia, Terenos, Guia Lopes da Laguna e Jardim, com registros abaixo dos 20% de umidade relativa do ar.

Já as regiões sudeste e leste, entre Ivinhema, Angélica e Bataguassu — que tem valores abaixo de 30% — estão com estado de atenção. Apesar de baixa, a umidade do ar só é considerada desértica abaixo de 12%. Conforme o profissional, não há previsão de mudança no tempo para os próximos dias.

Umidade entre 20% e 40%

A semana segue com tempo quente e seco em MS, causado por um sistema de alta pressão que atua sobre o Estado. O Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima) divulgou, na segunda-feira (25), um alerta sobre o tempo seco e quente que está sendo registrado.

O alerta previa que a umidade relativa do ar despencaria e variaria entre 20% e 40% na maior parte dos municípios, por conta do volume baixo de chuvas. O tempo seco e baixa umidade do ar levantam o alerta, principalmente nas regiões pantaneira, centro-norte e nordeste do Estado.

Cuidados com a saúde

A situação exige cuidados. Isso porque, de acordo com o otorrinolaringologista e coordenador do curso de Medicina da Uniderp, Alexandre Cury, a redução da umidade favorece o aparecimento de doenças respiratórias como asma, rinite, faringite entre outras. Dessa forma, a água tornou-se a principal aliada da população.

Conforme Natálio, alguns cuidados devem ser tomados em momentos com umidade do ar baixa, como uso de protetor solar e não tomar refrigerantes para se hidratar.

"As pessoas devem se precaver com o calor usando roupas leves, claras e de boa ventilação. Os ambientes devem ser arejados e ventilados, com janelas abertas. Por conta da umidade baixa, devem fazer a ingestão de água, muita água. Banhos com sabonete neutro e evitar fogo em quintais e lixeiras", recomendou Abraão.

Vendaval

O (Instituto Nacional de Meteorologia) está com alerta vigente de vendaval para a faixa fronteiriça de MS, de norte a sul. O aviso tem vigência somente nesta quarta-feira.

Segundo o instituto, os ventos devem variar entre 40 km/h e 60 km/h, com baixo risco de queda de galhos de árvores. O alerta vale para 22 cidades da faixa de fronteira entre MS e os países Paraguai e Bolívia.

Confira:

alerta inmet vendaval - Umidade do ar fica abaixo de 20% em MS e levanta alerta da meteorologia
Alerta de Vendaval para Mato Grosso do Sul (Foto: Reprodução/Inmet)

Veja também

Campo Grande recebe a turnê nacional das bandas Vazio e NervoChaos, nesta sexta-feira (01). Os...

Últimas notícias