TRF3 publica nota de pesar pela morte do juiz federal Miguel Florestano Neto

Juiz foi encontrado morto nesta segunda dentro de seu apartamento
| 28/03/2022
- 17:27
TRF3 publica nota de pesar pela morte do juiz federal Miguel Florestano Neto
Miguel Florestano Neto faleceu nesta segunda - (Foto: Reprodução/Mídias Sociais)

O (Tribunal Regional Federal da 3ª Região) publicou nesta segunda-feira (28) uma nota de pesar pelo falecimento do do juiz federal Miguel Florestano Neto. O juiz foi encontrado morto em seu apartamento no município de Piracicaba (SP), na manhã de hoje.

Conforme a imprensa local, o caso será investigado pela polícia. O magistrado deixa filho, irmãos, demais familiares e amigos. Em sua nota de pesar, o TRF3 prestou condolências aos familiares, amigos, colegas e ex-alunos de Florestano Neto.

Miguel Florestano ingressou na Justiça Federal em 2000. Ao longo dos anos, presidiu o Juizado Especial Federal de Campo Grande/ MS de 2006 a 2011 e atuou como membro suplente do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE/MS) no biênio 2007-2008 e como titular no biênio 2009-2010. Foi professor de Direito Constitucional em cursos de graduação e cursos preparatórios para concursos públicos de 2000 a 2006.

Em 2008 lecionou em cursos de pós-graduação na para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal (Uniderp) e na Universidade Católica Dom Bosco (UCDB). De 2013 a 2019 lecionou Direito Penal no Claretiano Centro Universitário (Rio Claro/SP) e no curso de Pós-graduação em Direito Penal do Proordem em Goiânia/GO desde 2019.

Foi, também, membro da Comissão Permanente de Acompanhamento da Reforma da Legislação Penal e Processual Penal da Associação dos Juízes Federais do Brasil/ Ajufe, biênio 2020/2022 e da Comissão de Acompanhamento do PL 2.630 (que trata das "fake news").

Veja também

Decisão determina multa de R$ 50 mil por dia em caso de descumprimento

Últimas notícias