Cotidiano

Sobe para 8 o número de mortes por H3N2 em MS

Corumbá registra mais dois óbitos; 'Cidade Branca' totaliza 4 mortes por influenza

Anna Gomes Publicado em 08/01/2022, às 13h40

Corumbá soma 4 óbitos.
Corumbá soma 4 óbitos. - Arquivo/Midiamax

A Secretaria de Saúde de Corumbá confirmou mais duas mortes por Influenza H3N2 na cidade, distante aproximadamente 420 quilômetros de Campo Grande. A informação está no boletim epidemiológicodivulgado no final da tarde de sexta-feira (7), junto com os dados da covid-19.  Agora Mato Grosso do Sul totaliza 8 óbitos

A cidade já tinha confirmado dois óbitos por H3N2, sendo de duas idosas. A primeira, de 76 anos, morreu no dia 28 de dezembro, e a segunda, hipertensa, de 74 anos, faleceu no dia 02 de janeiro. 

Agora, de acordo com o Diário Corumbaense, os óbitos por Influenza (H3N2) são de dois homens, também idosos. O primeiro tinha 83 anos, era hipertenso e morreu no dia 04 de janeiro; o segundo, de 72 anos, era fumante, hipertenso e veio a óbito no último dia 05. Além das quatro mortes, a cidade contabiliza 60 casos positivos de Influenza. 

Os novos registros ainda não foram notificados pela Secretaria Estadual de Saúde, que deve divulgar boletim da Influenza na segunda-feira (10). O último levantamento da SES informou seis óbitos por H3N2 no Estado: Corumbá (2); Campo Grande (2) e Dourados (2).

A SES recomenda que quem não tomou a vacina contra a Influenza, procure uma unidade de saúde para se vacinar. É importante também seguir as recomendações de biossegurança como o uso de máscara, higienização das mãos e evitar aglomeração.

Jornal Midiamax